Candidatos

Eleição para Representantes de Docentes e Técnicos Administrativos

Candidatos a representante dos docentes

Eduardo Pinto e Silva (Depto. de Educação - São Carlos)

Currículo

Já fui conselheiro do CoACE e considero muito importante estar informado e contribuir nas decisões relativas as questões acadêmicas estudantis de distintas naturezas. Participo da Comissão de Política de Saúde Mental da UFSCar, e estou envolvido com questões relacionadas aos problemas e dificuldade dos danos.

 

Fernanda dos Santos Catelano Rodrigues (Depto de Letras - São Carlos)

Currículo

Com a implantação das diretrizes do Programa de Ações Afirmativas na UFSCar, desde 2006, as políticas de assistência estudantil têm merecido especial atenção de parte de todas as categorias da Universidade. Em tempos como os atuais, é preciso zelar pela manutenção dos compromissos assumidos junto à comunidade universitária, conscientes de que o investimento de recursos na assistência estudantil funciona como vetor para a promoção da igualdade e da equidade na sociedade em que vivemos. Nesse sentido, apresento meu compromisso de acompanhar de perto o uso dos recursos do PNAES recebidos pela UFSCar. Também defenderei os direitos conquistados pela comunidade, principalmente os das as mulheres (alunas, TAs e professoras) e estudantes cotistas. Finalmente, também defenderei a garantia dos Conselhos Superiores de continuarem sendo os legítimos espaços de discussão e deliberação democrática dentro da UFSCar.

 

Marcio Peron Franco de Godoy (Depto. de Física - São Carlos)

Currículo

Para que o Tripé ensino-pesquisa-extensão funcione de forma eficiente, é necessário que cada membro da universidade enxergue-se como integrante fundamental de todo o processo. O estabelecimento e manutenção a igualdade, de oportunidades e o estabelecimento de Políticas de união entre discentes, docentes e técnicos- administrativos é essencial para este fim. Além de minha experiência pessoal, enquanto aluno com recursos escassos, nos últimos anos orientei diversos bolsistas-atividades em suas trajetórias acadêmicas iniciais, espero contribuir no CoACE.

 

Candidatos a representante dos técnicos administrativos

Andre Pereira da Silva (Centro de Ciências da Natureza - Lagoa do Sino)

Currículo

Sou membro da UFSCar desde 2008, primeiro como aluno e agora como TA. Sempre me interessei pela temática do conselho. Apesar de ser técnico de laboratório, faço parte da SAADE desde a sua criação. Quero poder aproximar as pautas da comunidade no conselho.

 

Elizabeth Aparecida Baraldi (Depto. de Genética e Evolução - São Carlos)

Currículo

Espero representar minha categoria na construção de uma Universidade mais democrática, participativa e comprometida.

 

Leandro Silva Maroto (Sec. Executiva da PU - São Carlos)

Promover melhor interação com os integrantes da comunidade na busca das melhores soluções de problemas da nossa Instituição.

 

Marcia Regina Pires Bracciali (Seção de Assistência Social, Saúde e Esportes - Sorocaba)

Currículo

Ocupando o cargo de Assistente Social, pertencente ao quadro da Pro-ACE, considero ter conhecimento da dinâmica dessa Pró-Reitoria e assim, poder contribuir para o bom desempenho do Conselho.

 

Ocimar Aparecido Rodrigues (Depto. de Assistência ao Estudante - São Carlos)

Contribuir para o avanço, aprimoramento e afirmação dos programas, projetos e atividades que compõem a Política de Assistência Estudantil na UFSCar e de forma equânime em todos os seus campi.

 

Sonia Regina Eliseu (Depto. Assistência Comunitária e Estudantil - Araras)

Sou Assistente Social no Campus de Araras há mais de 10 anos, passei 02 anos na chefia do DeACE-Ar acompanhando sempre as Reuniões do CoACE. Na qualidade de Assistente Social, me sinto não só apta, mas com o compromisso de estar participando do CoACE, contribuindo ativamente e com propriedade tanto no aperfeiçoamento continuo dos serviços; como nas melhorias dos benefícios aos usuários – agindo sempre com ética, justiça e profissionalismo.

 

 

 

 

ELEIÇÕES PARA REPRESENTANTES DISCENTES JUNTO

AOS CONSELHOS SUPERIORES DA UFSCAR 2018

 

MOTIVAÇÃO PARA A CANDIDATURA DE DISCENTES AO COACE

 

ALUNOS DE GRADUAÇÃO

 

Nome do discente (Apelido) (Curso – Campus)

 

 

Mariana Pereira Passos (Ponta) (Ciências Biológicas – Araras)

O Conselho de Assuntos Comunitários e Estudantis me causa um grande interesse inclusive pelo fato de cursar uma graduação em licenciatura, algo que motiva a sempre a pensar em alternativas viáveis para a comunidade e os assuntos relacionados aos estudantes, sempre pensar de uma forma pedagógica. Aplicando medidas e discussões que considerem a questão sócio histórica de cada participante e cada assunto tratado em mesa. Possuindo uma grande força em prol de assuntos comunitários ao longo de minha vida, desde projetos de horta comunitária até alguns projetos de educação ambiental, sinto que seria de um grande aprendizado participar do conselho podendo ao mesmo tempo ensinar algumas coisas as quais foram passadas por mim em todas as jornadas em que vivi. Me candidato em defesa da democracia, da educação e do sentido justo do centro acadêmico, sempre priorizando o bem-estar da academia e de quem a constitui.

Currículo

 

 

Mayara Allison Fagundes Pereira (Mayara Fagundes) (Educação Especial – São Carlos)

Entendo a importância que os conselhos desempenham na universidade, por essa razão, tenho como motivação dar voz aos alunos nesses espaços, para que com as demais categorias possamos construir um ambiente melhor.

Currículo

 

 

Maysa Freitas Mainardes Nardy ( Nardy) (Engenharia Mecânica – São Carlos)

Minha motivação foi criada dentro da Associação Atlética Acadêmica UFSCar, projeto de extensão ao qual pertenço, pois acho interessante ter esse tipo de intercambialidade entre os órgãos. Além disso, assuntos comunitários e estudantis são de grande interesse por minha parte.

https://lattes.cnpq.br/ Não informado.

 

 

Raul Almeida dos Santos (Letras – São Carlos)

Como discente cotista e bolsista moradia me interessa participar de forma ativa sobre as decisões da universidade no que tange principalmente a respeito dos direitos dos estudantes e, sobretudo, em relação as suas permanências. E para isso precisa-se de uma representação estudantil combativa e que se mostra contrária e resistente a qualquer retrocesso.

Currículo

 

 

Sabrina Silveira Sousa (Engenharia da Computação – São Carlos)

Participo atualmente do conselho do meu curso de graduação e também participei brevemente do Conselho de Graduação (CoG) no início de 2018. Me candidatei para ambos os conselhos neste ano, e por ter bastante contato com os discentes do meu curso, me alegra muito estar os representando. O período que participei dos conselhos me enriqueceu muito e fortaleceu meu laço com a universidade, que estava fragilizado. Tenho bastante horário disponível para participar ativamente das reuniões.

https://lattes.cnpq.br/ Não informado.

 

 

Victor Teruyo Yamaguchi (Estatística – São Carlos)

Nesse momento atual da conjuntura, é importante nos colocarmos nos espaços democráticos onde nosso povo se organiza, estar presente nesses locais e lutar pelos ideais estudantis com o poder de um voto é algo que vem sendo crucial para o meu desenvolvimento na Universidade e no meu olhar para o mundo. Claro que não utilizo desse ideal como um projeto egoísta, mas sim de representância para com os alunos que dependem de permanência estudantil, que se colocam à frente por uma educação pública de qualidade e para uma luta que faça o conhecimento produzido na universidade sair para fora dela. Entre essas e outras palavras, me empenho na minha candidatura.

https://lattes.cnpq.br/ Não informado.

 

 

 

 

ALUNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

 

Nome do discente (Apelido) (Curso – Campus)

 

 

Bianca Casseb Medeiros (Terapia Ocupacional – São Carlos)

Minhas motivações para candidatar-me a representação discente inicialmente partem de minhas demandas pessoais: venho de uma cidade do Estado do Pará para cursar a pós-graduação em Terapia Ocupacional pela UFSCar. Atualmente estou cursando mestrado sem auxílio financeiro e tenho enfrentado diversos desafios e situações de vulnerabilidade para permanecer na Universidade. No entanto, deparei-me com diversas situações dentro deste contexto que assemelham-se com a minha e que carecem de atenção. Creio que por meio deste espaço, terei oportunidade dialogar, assim como participar das discussões propostas em prol das ações de atendimento e assistência à comunidade universitária.

Currículo